Antes do Valongo: Santa Rita

simposio-antes-do-valongo-santa-ritaSerá realizado no Salão Nobre do IFCS/IH-UFRJ (Largo de São Francisco, nº 1, Centro do Rio), o Simpósio Antes do Valongo: Santa Rita.

O encontro, que ocorrerá dia 5 de dezembro, segunda-feira, das 14h às 19h, constará de três mesas transdisciplinares (História e Arqueologia, Arquitetura e Antropologia, Arqueometria e Patrimônio), com intervalos entre uma e outra.

Os palestrantes serão:

  • Raquel Lima: Antropologia da devoção à Santa Rita
  • Paulo Sá: Música carioca no século XVIII: modinha, lundu e a invenção do choro
  • Rodrigo Bastos: Arqueologia poética da Arquitetura

A mediação será feita pelos professores André Chevitarese, Daniel Pêcego e Maurício Marinho.

Ao fim do evento será lançado o livro Arqueologia da Persuasão: o simbolismo rococó da Matriz de Santa Rita.

 


5 comentários a “Antes do Valongo: Santa Rita

  1. O Simpósio foi muito bacana. Imaginei que seria interessante, mas revelou-se ímpar, cheio de possibilidades analíticas, reflexões para outras áreas.
    De fato transdisciplinar. Três mesas ricas de informações, dados, curiosidades, possibilidades de conhecimentos, tudo por fazer…
    Os palestrantes a partir da pesquisa central, trataram de seus projetos de pesquisas. Uma troca justa, respeitosa, dinâmica.
    Todas as apresentações foram fantásticas, mas uma em especial chamou-me a atenção pela ilustração: o prof. Paulo Sá com “Música carioca no século XVIII: modinha, lundu e a invenção do choro”. Além dos outros estudiosos com suas ricas falas sobre trilhas e caminhos, muitos deles a serem abertos.
    João Carlos Nara você está de parabéns, pois descortinou um pouco do véu que encobre aquele universo de possibilidades de pesquisas que é a Igreja de Santa Rita e seu entorno. E o “esquecimento” a que foi e é relegada ainda… parabéns.

  2. Pingback: Simpósio: mesa Patrimônio | O “case” Santa Rita (Rio de Janeiro)

  3. Pingback: Simpósio: mesa histórico-arqueológica | O “case” Santa Rita (Rio de Janeiro)

  4. Pingback: Quem vai falar no simpósio sobre Santa Rita | O “case” Santa Rita (Rio de Janeiro)

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *